quinta-feira, 3 de abril de 2008

SERTÂNIA -BERÇO DA ARTISTAS

SERTÂNIA – BERÇO DE ARTISTAS
- Princesa do Moxotó é uma cidade multicultural -

por Josessandro Andrade

Especial para o Tribuna do Moxotó


Nos anos 50, 60 e 70 – a Orquestra Marajoara do Genial Maestro Francisquinho funcionou como Usina Musical para Sertânia e região. Por lá passaram o então garoto Flávio José, A jovem Maria da Paz (Paizinha), o consagrado Claudionor Germano e mais tarde, o hoje forrozeiro Mazinho de Arcoverde, sem esquecer dos Sertanienses José Cláudio (já falecido), Hamilton Rodrigues e Luiz Wilson.
O mitológico (nas palavras de Alberto da Cunha Melo) Francisquinho, um compositor especialista na categoria frevo-de-rua (com dezenas deles gravados pelas grandes orquestras nacionais), de samba, valsa, tangos e boleros, era um grande regente, levando com seu irmão Demétrio, a Marajoara aos grandes Clubes do Nordeste: Recife, João Pessoa, Natal, Maceió, Fortaleza. Formou grandes músicos e ótimos intérpretes. Por suas mãos passaram também cantores locais como Cristina Amaral, Andrade de Sertânia (Jacildo), Roberto Lopes (Bel), Hugo Araújo (seu filho), Charuto e Djalma Siqueira com CDs gravados e carreiras sólidas, músicos compositores como Gripa de Sertânia, Walter Amaral, Walmar, Jairo Araújo, Antonio Amaral e Anacleto Carvalho e músicos como Apriginho, Abelardo Tirbutino, Teixeira, Deodato, Jarbas Humberto, além dos filhos de Luiz Pintô que depois fizeram carreira em São Paulo: Lailton Araújo, Luisinho Salvador, Wanderley Araújo, Lailton Santos e Natércio Araújo.
Sertânia tem ainda artistas como Adilson Medeiros, Banda Moxotó, Luiz Wilson, Chico Arruda, Daniel Medeiros, César Amaral, Heuris Tavares, Nico Batista, Dodó, Keby Pena, André Brasiliano, Calu Vital, Adriana Neves, Jailson Santana, Maria Helena, Toriño Paes, Jairo Novinho e muito mais...

5 comentários:

gileanes disse...

meu amigo sandro sabe tudo de sertania um abraço do seu amigo gil(carteiro)

BLOG DO PR.FRANCISCO DE SIQUEIRA CAMPOS disse...

Sandro ,velho amigo,parabéns por enaltecer a nossa terra, faltou somente o clarinete e o poeta Chico que foi criado por Francisquinho e colega de infância, mesmo evangélico gosto e amo a cultura da minha terra.Abçs.visite tb meu site: www.fsemeada.blogspot.com
Rev.Francisco de A.S.Campos-Ig.Jerusalém.Assembleia de Deus Atlanta E.U.A.Sertânia PE

Mendonça disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mendonça disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mendonça disse...

porque nao lembra de Mendonça, que foi um dos Maiores Cruners da Marajoara, e tambem participou da Orquestra Super Oara do Maestro Beto.